Os 9 principais benefícios da corrida

Tempo de leitura: 12 minutos

A corrida é algo que para muitos parece inimaginável, mas na verdade não é. Correr é plenamente possível quando a pessoa entende a forma correta de se fazer isso. A corrida tem várias forma de ser introduzida na sua vida e no seu dia a dia, basta saber os seus limites corporais e procurar um médico antes de começar a fazer esse exercício físico considerado de altíssima intensidade. Confira a seguir os 9 principais benefícios da corrida:

1 – Diminui a gordura corporal

Quer emagrecer de verdade? Então, recomendamos a corrida como a sua atividade física favorita. A perca de peso começa quando a pessoa diminui a ingestão de calorias diárias e começa a queimar a gordura que acumulou ao longo dos anos que comeu desmedidamente.

homem-correndo-b2-academia

Por isso, a corrida é sua aliada na queima de gordura corporal, já que ela ajuda a derreter aquelas sobras de “energia estocada” que ficam elevando o seu peso. Após um mês de corrida regular, ao longo da semana, você vai sentir a diferença nas medidas e na balança.

2 – Melhora a ansiedade e tensão

Se você faz o tipo de ser humano estressado e cheio de ansiedade o jeito é apostar na corrida. Sim, correr ajuda a acabar com essa sensação terrível de desespero interno que só a ansiedade ativa. Fora que gente ansiosa tende a comer muito mais do que deveria para se sentir mais calmo. Os estressadinhos de plantão também precisam começar a experimentar a corrida e levar isso para o seu dia a dia.

corrida_homem_mulher_get.jpg_95

Assim que você começar a praticar a corrida o seu corpo vai liberar o chamado cortisol, que automaticamente vai dar aquela sensação de prazer, de bem-estar e de alegria. Por isso que as pessoas que correm acham viciante correr.

3 – Melhora da qualidade do sono

Se você sofrer de insônia experimente correr. Sim, a corrida ajuda o seu corpo a gastar mais energia e sentir aquele cansaço gostoso que às vezes demora a aparecer. Assim, fica mais fácil cair na cama e já dormir de um jeito delicioso e mais pesado.

Foto: Dormir bem é fundamental para disposição do corpo (Divulgação)
Foto: Dormir bem é fundamental para disposição do corpo (Divulgação)

Vários estudos epidemiológicos mostram que pessoas fisicamente ativas tem menos problemas relacionadas a insônia, melhor qualidade do sono, redução da sonolência e do cansaço que pode aparecer ao longo do dia. No ano de 1995 o cientista Marco Túlio de Mello fez, na cidade de São Paulo, um levantamento epidemiológico, mostrando que somente 1/3 da população pratica algum tipo de atividade física com regularidade.

Essa pesquisa também mostrou também que as pessoas que reclamam de insônia e sonolência ao longo do dia que praticavam algum tipo de atividade física regularmente eram de 27,1% e 28,9%, respectivamente – entre os não adeptos a esse hábito, as reclamações eram de 72,9% e 71,1%, respectivamente. Por isso, comece a correr agora mesmo.

4 – Melhora capacidade cardiovascular e pulmonar

São muitos os benefícios que a corrida proporciona para saúde do coração. Para começar, a corrida é uma atividade aeróbica e sua prática com regularidade acaba potencializando o sistema de transporte de oxigênio do qual o coração é o órgão essencial.

Quando uma pessoa melhora o seu desempenho na corrida ela consegue automaticamente melhorar o seu sistema cardiovascular. Quanto mais sangue o corpo for capaz de transportar por minuto, melhor os tecidos e órgão serão e o seu desempenho ajudará muito na melhora da sua corrida.

correr-sem-treinador

Especialistas no assunto explicam que esse volume de sangue bombeado por minuto pelo coração quando fazemos um exercício como a corrida é definido como débito cardíaco máximo e gera a quantidade de batimentos cardíacos. Ou seja, o produto dessa movimentação sanguínea gera  a quantidade de vezes que o coração bate por minuto, o que é o bombeamento do sangue (batimento cardíaco).

Essa força gerada na corrida para que o sangue seja bombeado de uma forma que aumente e melhore o desempenho do corredor é que fortalece o coração com o passar do tempo. Por isso, a pessoa que tem problemas cardíacos não pode correr e que m gosta desse esporte precisa sempre estar consultando um cardiologista para saber se pode mesmo continuar correndo.

5 – Melhora os níveis de colesterol

O colesterol nada mais é do que uma substância necessária para o organismo humano funcionar. Sem o colesterol as células não gerariam a membrana que fica em torno delas e não teriam como receber alimentos e oxigênio. Porém, o excesso desse colesterol (dessa gordura) pode gerar doenças do sistema circulatório, como por exemplo, a arterosclerose, que trata-se das artérias que ficam mais grossas e bem mais rígidas, ampliando assim o risco de infartos e acidentes vasculares cerebrais (AVC).

benefícios-caminhada

Comer alimentos saudáveis é essencial para o controle do colesterol, mas também é necessário fazer exercícios físicos como a corrida. A alimentação é a produtora de 30% do colesterol que temos no organismo e os outros 70% do colesterol são produzidos pelo próprio corpo. Por isso, corra mais e coma menos gordura e sentirá diferença, pois a corrida ajuda a eliminar a gordura em excesso, interferindo de cara nos índices de colesterol.

6 – Melhora a força de membros inferiores

Para correr é necessário usar mais os membros inferiores do corpo, por isso, aposte na corrida se quiser fortalecer as pernas.

7 – Auxilia na redução da osteoporose

A doença dos ossos pode acontecer em virtude de uma alimentação ruim ou porque as pessoas não se exercitam. A corrida fortalece o seu corpo e os ossos. Por isso, para a prevenção da doença é recomendado correr. Mesmo quem tem o mal já pode correr para ajudar no tratamento, mas isso depende do grau da doença. Consulte o seu médico para saber se a corrida pode te ajudar mesmo.

alongamento2

8 – Melhora da resistência muscular

As pessoas que escolhem a prática às vezes se esquecem de que ela ajuda no fortalecimento muscular. Como a corrida queima a gordura dos tecidos musculares, deixando-os mais fortes e definidos. Quem começa a correr logo sente a diferença e fica com a perna torneada e abdômen fortalecido.

9 – Melhora desempenho dos rins

A corrida ajuda a aumentar a circulação do sangue e com isso há também uma melhora da função dos rins, que filtram o sangue e diminuem o número de substâncias tóxicas que circulam pelo corpo todo. Há quem aposte que a corrida ajuda a drenar o excesso de água do corpo. Por isso que é comum no meio de uma corrida ter vontade de ir ao banheiro quando se tem muita retenção de líquido.

5-dicas-para-se-hidratar-melhor-durante-corridas-e-caminhadas

Como começar a correr?

Agora que você já sabe quais são os principais benefícios da corrida, confira como começar a praticar essa excelente atividade física. A corrida é uma atividade física, no mínimo, democrática. Isso porque as pessoas podem correr em qualquer espaço, seja nas calçadas, ruas, parques públicos, condomínios, quadras e até em locais apropriados para corredores.
Para correr precisa somente de uma roupa confortável e um bom tênis, que seja confortável suficiente para que a corrida seja concretizada. No entanto, mesmo diante dessas facilidades as pessoas acabam desistindo de correr antes mesmo de começar. As desculpas são muitas: não tenho fôlego, não tenho um tênis apropriado, não sei correr, posso me machucar e por aí vai.

Veja como acabar com as desculpas e conseguir correr em pouco tempo

1 – Exames médicos em dia

Antes de começar a correr é necessário checar o seu coração. Vá um médico e faça um checape. O principal é ver se o seu coração está bom mesmo, se você consegue correr sem ter um treco. Após a bateria de exames do cardiologista verifique as articulações, que podem ser comprometidas se você tiver algum problema.

2 – Comece devagar

As pessoas acham que vão sair do sedentarismo para a São Silvestre. Não é assim que funciona não. É necessário pensar que o seu corpo precisa se adaptar a nova atividade física. Comece andando mais que correndo e aos pouco vá preenchendo o percurso com a corrida. Comece fazendo 1 km e depois aumente a metragem para evoluir. Depois que correr 1 km pense em correr 2 km e assim por diante.

caminhada-ou-corrida

No começo a caminhada faz parte do pacote de quem quer começar a correr. Caminhar é necessário para te ajudar a conseguir ter o fôlego que falta para finalmente correr, fazer um bom percurso e conquistar assim um bom condicionamento físico.

3- Não tenha pressa

Um dos maiores erros de quem começa a correr é se desesperar e sair correndo a pleno vapor de cara. Na verdade é melhor correr um percurso maior e demorar mais para isso. Vá dosando o ritmo da corrida entre mais forte e mais de vagar. Assim você vai descobrir qual a melhor  zona de conforto para aprender a correr no seu ritmo e aquela velocidade que vai te desafiar e assim ajudar na sua evolução.

Muitos não sabem, mas o nosso organismos demora de 8 a 15 minutos para se ajustar ao estímulo da corrida e ao ritmo, a adequando a circulação e o transporte de oxigênio vai mudando até chegar em um que seja bom o suficiente para te ajudar a ter um bom ritmo.

Quem treina semanalmente leva de dois a três meses, treinando toda semana, para ter uma melhora de desempenho e conquistar um bom fôlego. Nos primeiros dias é horrível, você vai sair da sua zona de conforto e pode nãos sentir a parte boa da corrida de cara. Mas quando começa a ter regularidade começa a ver o humor melhorar, o emagrecimento acontecer e até a ter melhores noites de sono e mais energia no dia a dia.

4- Tenha metas de evolução

Para se tornar um bom corredor é necessário manter a motivação em alta, porque o desempenho pode não vir da forma que você imagina. Muitas pessoas acabam desanimando de correr porque traçam metas muito inatingíveis. No entanto, as pessoas tem que ter metas para conseguir correr e ter um bom desempenho.

Comece a correr 1km, depois que atingir essa meta aumente mais 1km. Quando chegar a 5km (percurso mínimo da maioria das corridas de rua) comece a tentar baixar o tempo. Depois comece a aumentar o percurso até chegar a 10km (percurso que muitas corridas de rua de amadores chama de elevado e de prova principal).

kozzi-1110460-young_couple_jogging_at_morning-1773x1183-compressor

O legal é sempre se superar e tentar baixar o tempo de corrida para ter uma satisfação pessoal em alta. Mas, respeite o seu corpo. Em caso de lesões descanse, deixe o corpo sarar de vez antes de impor as suas grandiosas metas.

5 – Dor muscular

A dor muscular é normal. No começo, o seu corpo vai estar se adaptando a nova rotina de atividade. Geralmente, o problema muscular aparece dois ou três dias depois que você for correr. Após a adaptação dessa nova rotina a dor muscular desaparece. Se você começar a ver que a dor limita os seus movimento ou for nas articulações ai sim é motivo de desconfiança. Nesses casos, procure um médico ortopedista para que ele possa te examinar e recomendar o melhor tratamento.

6 – Descansar é necessário

As pessoas exageram às vezes e a falta de descanso causa as lesões. Conhecer os seus limites é essencial para saber até que ponto vale a pena continuar correndo e aumentando o ritmo, ou se é hora de diminuir a velocidade da corrida e a quantidade de treinos semanais. No inicio é necessário alternar os dias de corrida com dias de descanso.

CA-saude-bem-estar-alongamento-D-732x412

 

Conforme você for evoluindo aí intercala outras atividades com a corrida. O jeito mais simples é sempre dar uma atenção para o corpo e os sinais de cansaço. Corra dia sim e dia não no começo. Depois, pode fazer um dia musculação e outro correr, ou um dia aula de localizado e outro de corrida. Assim evita lesões.

7 – Durma bem

Tem gente que dorme mal e depois não sabe por que sempre está lesionado. Sim, a pessoa precisa dormir pelo menos 8 horas por noite. A musculatura se regenera melhor ao longo da noite de descanso. Se você dorme pouco isso é prejudicado e acaba por gerar lesões, já que você não descansa. Descanse sempre, durma bem e na hora do treino dê o melhor de si, mas sempre de olho nos sinais que o seu corpo dá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *